25 de mai de 2007

A MELHOR BANDA DE BLUES DO BRASIL

BLUES ETÍLICOS




NO PROGRAMA DO JÔ, dia 18 de Maio, lançando pelo selo Delira Blues, o novo cd "VIVA MUDDY WATERS"



Em agosto de 1941, o pesquisador musical Alan Lomax realizou gravações históricas no Mississipi. Com um gravador portátil na casa do desconhecido bluesman Mckinley Morganfield, Lomax fez o primeiro registro de "I Be's Troubled". Alguns anos mais tarde, Morganfield migrava para Chicago para gravar para o selo Aristocrat, dos irmãos Chess, a mesma canção com um novo título: "I Can't Be Satiesfied". Mckinley tornava-se assim Muddy Waters, e surgiu o primeiro de seus inúmeros hits.
Faixas que destaco neste trabalho:
  • Walking Blues ( Mckinley Morganfield )
  • I Want to be loved ( Mckinley Morganfield )
  • Seems like the whole world was crying ( Charles Musselwhite )
  • Messin with the man ( Mckinley Morganfield )

Vídeo no YOUTUBE: clique aqui!

23 de mai de 2007

Os gols que o Edson impediu o Pelé de marcar


1 - Bi campeão mundial pelo Santos Futebol Clube, 3 Copas do Mundo pela seleção brasileira e ainda, os títulos de Rei do futebol e Atleta do século ! Do Pelé sem dúvidas temos saudades. Principalmente, quando assistimos os atuais “projetos de craques” que surgem todos os Domingos nos “gols da rodada” e que no fundo não passam de promessa e muitas das vezes, invenções da mídia. Já do Edson Arantes do Nascimento, desde 1970, após o terceiro título mundial de sua brilhante carreira como jogador de futebol e inquestionável dentro dos gramados, só temos tido notícias desagradáveis.
2 - No início de 1971, Pelé foi convidado pela FUNABEM – Niterói-RJ, localizada no bairro do Barreto, para um jogo beneficente no antigo campo da FIATLUX,o Edson Arantes do Nascimento “driblou” a vontade do “Rei” e cobrou a exorbitante quantia de 50 mil cruzeiros a época , inviabilizando assim o evento para as crianças carentes.
3 - Num dos carnavais do Rio de Janeiro, convidado pela agremiação Beija-Flor de Nilópoles para ser destaque ao lado de Grande Otelo e Clementina de Jesus no carro alegórico que fazia referência as “três maravilhas negras” ,novamente o Edson alegou compromissos particulares importantíssimos para não aceitar tal homenagem e logo em seguida foi visto, curtindo descontraído o carnaval da Bahia.
4 - Durante a Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos, novamente o mesmo Edson ( o que fora “Pelé” ), chegou atrasado a transmissão de um jogo do Brasil, jogo este que comentaria para uma emissora de TV brasileira. Com uma gravata com as cores da bandeira americana e se “gabando” do atraso , justificou que havia ido dar um abraço no “amigo do peito” e presidente dos EUA , Bill Clinton , confirmando toda a sua histórica busca pela aproximação com o Poder , seja na “ditadura de chumbo” do governo Médici ou na “democracia de papel” de FHC , do qual inclusive fez parte diretamente como ministro.
5 – O Edson só reconheceu a paternidade de sua “primeira herdeira” Sandra Regina, após ser obrigado pela justiça a fazer exame de DNA em 1996. Edson nunca manteve de fato relações paternas com Sandra , mesmo quando esta adoeceu devido a um câncer de mama. Nenhuma visita no hospital de Santos em que Sandra Regina estava internada e muito menos no seu velório e enterro, se limitando apenas a distribuir nota a imprensa através de sua assessoria.

Mestre Deazir, o “Faísca” , o Senador Cáustico

21 de mai de 2007

O BMG + $ de torcedores OTÁRIOS = gol 1000 do ROMÁRIO

ME DESCULPEM OS DESMEMORIADOS , NÃO É A MINHA INTENÇÃO ESTRAGAR A EUFORIA DE VOCÊS OK?

BMG
- Banco utilizado por Marcos Valério para suas operações dentro do esquema do Mensalão.
O BMG, foi um dos bancos que fez supostos empréstimos ao PT, intermediados por Marcos Valério.
Sobre o BMG, pairam suspeitas de benefícios indevidos por parte de políticas do governo.
Por exemplo: Uma preferência inexplicada ao BMG na concessão de licença para obtenção de crédito vinculado ao INSS.


De fato, o patrimônio e os recursos aplicados deste banco septuplicou durante o governo Lula.

O Senador Cáustico

A mídia do futebol, seus preguiçosos de plantão e o maior artilheiro da Europa na atualidade.


Sabão a quem precisa!
Escolham: engolir ou lamber ?

Quando um profissional exemplar e ícone da crônica esportiva chamado Luís Mendes cita estar acompanhando todos os principais campeonatos do mundo, incluindo o importante campeonato holandês, por onde só para mencionar alguns craques, foi o palco europeu onde debutaram Romário e Ronaldo, alguns de seus colegas da imprensa ficam admirados com tamanho zelo e compromisso profissional do nosso querido “Che”. Chegam a declarar em pleno ar que não tem “saco” para tanto “joguinho chato” pelo mundo afora. Ou então, se agarram a frágil desculpa ( pós invenção do vídeo cassete e tvs a cabo) que os jogos regionais, dentro do próprio Brasil, tomam todos os seus preciosos tempos.
Pois bem, Afonso, recentemente convocado pelo técnico Dunga, é simplesmente o maior artilheiro da Europa na atualidade, chegando a superar em média de gols numa só temporada (34 gols até agora) o baixinho Romário, antigo detentor da melhor média de gols numa só temporada, na mesma Holanda.
Afonso não joga na Ucrânia, país que esses mesmos “descansados e desavisados” jornalistas costumam ridicularizar o futebol e culpar o isolamento geográfico para justificarem e esconderem suas condutas profissionais de desleixo.
Afonso, que fora revelado nas categorias de base do Galo mineiro, atua no
futebol Holandês, futebol este, que já foi por duas vezes seguidas vice-campeão do mundo, nas copas de 1974 na Alemanha e 1978 na Argentina.

PS: Eu , e milhares de outros brasileiros, só ficamos sabendo da “existência” do jogador Afonso, após a recente convocação do técnico Dunga.
Falha grave de parte da mídia esportiva e seus preguiçosos de plantão, que ao invés de se retratarem perante a opinião pública preferem cinicamente desmerecer os critérios de escolha do atual treinador da seleção brasileira.

O Senador Cáustico

20 de mai de 2007

ROSENGANA E O POVO DE MONTS d'BUNDA


A recente Operação "Navalha" realizada pela polícia federal brasileira me fez viajar no tempo e recordar uma fábula muito contada e logo abafada, dentro e fora do Estado do Mafuazão, lá por volta de 2002 pós Inri Cristo, nas Terras de Monts d'bunda...


Era uma vez, as portas de mais uma eleição presidencial nas terras de Monts d'bunda (onde há 50 milhões de miseráveis, sendo 22 milhões jovens menores de 15 anos), uma candidata e representante do Estado do Mafuazão , dona Rosengana, herdeira política do pai e senador , o dotô , seu Zé Diamargar Jacei, que liderava as pesquisas de opinião.

Ia ela subindo nas pesquisas até que, próximo as eleições, não conseguiu mais esconder que em seu último governo no Mafuazão, cerca de 61% dos Monts d'bundenses do Nordeste das terras de Monts d’bunda , recebiam por mês menos que um salário-mínimo, que já eram notórias as falcatruas suas a frente do Banco Estadual do Mafuazão, que esteve ao lado do pai na invenção do famoso “Plano Furado” , lá pelos idos de 1886 e que consentiu no uso indiscriminado de FHC, Fluôr Hexa Clorado ( poderoso pesticida agrícola ) nas hortas dos ex-camponeses Sem Tudo.

Menina, mulher, irmã, tia, sobrinha, amiga, colega, mãe, prima, comadre, avó , vizinha , também “melindrosa”* ou “entupidinha”* , enfim... Rosengana Jacei !

Segundo alguns, a “Joana D’arc” do Mafuazão e segundo outros tantos, muitos mesmo, mais um engôdo dos partidos da situação.

* melindrosa ou entupidinha – Tratamento dado por Lima Barreto as mulheres que participavam dos rituais sociais burgueses no início do século (“O chá das 5”), em companhia de literatos famosos que não tinham o menor compromisso social em suas obras.

O Senador Cáustico

15 de mai de 2007

E lá nas Terras de Monts d'bunda,


O famoso costureiro da Alta Corte e Pra-lamentar do Baixo Clero, sem PAPA na língua, ESCROTO VIL ARGHnandes, esclareceu em coletiva de imprensa:

- Mulher feia é aquela que chupa cabra, mas não bebe o leite!

O Pra-lamentar só a-poupou mesmo seu ídolo, o cantor ROUBABERTO Carlus que “debaixo dos caracóis das barbas” da Justiça, é conhecido como um cantor e compositor que
“rouba, mas faz”.
Faz homenagem
a gordinhas, faz homenagem a baleias, faz homenagem aos taxistas e caminhoneiros,ou seja,sem distinção de hálito,cheiro,boleia, baleia, carona ou calorias.
ROUBABERTO pega uma, pega geral!

Por essas e outras que ele é o Rei !

O Rei das canções alheias.
Esse nosso Rei ROUBABERTO!



O Senador Cáustico

14 de mai de 2007

CIDADANIA DE M...






“... Quando o mundo te oferece... tens lugar, promessa de felicidade..."

(Caetano Veloso, Lindeza)



Para uns poucos, os privilégios das Câmaras Municipais, as sesmarias, as cartas de doação, as capitanias, enfim, o doce usufruto, ao obter diferentemente da maioria da população o acesso restrito ao domínio político, jurídico e militar, dentro da estrutura colonial de espoliação.
Para esses mesmos poucos, a presença no quadro burocrático estatal sob a égide de uma economia alimentada pela exploração aurífera, mantenedora esta da luxúria e dos caprichos sociais da parasitária e egoísta elite luso-brasileira.
Aos de "boa educação londrina" e "fino trato parisiense", o acesso ao confronto hipócrita político–partidário, dentro de um ambiente palaciano viciado em respirar os desejos mesquinhos da nossa Corte imperial, entre anseios ora conservadores, ora liberais, mas sempre escravocratas.
A uns poucos, a cédula rural, os “fuzis paraguaios” que armam o cenário sangrento nos campos da UDR, o Convênio de Taubaté, o Pró-Álcool, o socorro aos bancos privados e a conivência federal para com a arbitrariedade política dos velhos e jovens ilustrados coronéis.
E, como efeito socializador de perdas, devemos refletir sobre a incompetência suspeita do Estado para frear o crescimento político latente do empresariado sustentador do narcotráfico através dos seus diversificados ramos de lavagem de dinheiro.


“Aqui tudo parece que é ainda construção e já é uma ruína...”
(Caetano Veloso, Fora da Ordem)

O Senador Cáustico

13 de mai de 2007

13 de Maio! Nem todas as mães são felizes, meu caro Cazuza.




Trabalho escravo é aquele onde o trabalhador é tratado como uma mercadoria, um objeto. Segundo a Comissão Pastoral da Terra, existem no Brasil cerca de 25 mil pessoas submetidas ao trabalho escravo.
A escravidão contemporânea tem semelhanças em relação à escravidão legal do passado. Uma delas é que não existe investimento na criação de escravos. Os escravos são estrangeiros, trazidos de fora. Se, no passado, eram fruto de seqüestro ou de guerra, hoje são vítimas de aliciamento dos chamados "gatos"..
Um exemplo de vítima do trabalho escravo é o homem em idade produtiva que vai trabalhar em áreas de desmatamento para plantio ou para pecuária na Amazônia. Podem ainda ser mulheres e crianças para atividades na fruticultura ou nas carvoarias.


Hoje o custo do trabalhador escravo é muito pequeno, comparado ao escravo negro do século XIX.


No passado, havia o custo da aquisição e da manutenção dos escravos ao longo de toda sua vida. Na escravidão contemporânea, os custos do fazendeiro se referem ao transporte e à alimentação. Além disso, o uso do trabalhador escravo na atualidade é o chamado de curta duração, ou seja, quando não é mais necessário, ele é liberto.

Mecanismos de coerção dos trabalhadores:
1 - Retenção dos documentos,
2 - O não pagamento dos salários,
3 - A repressão armada
4 - E, fundamentalmente, a dívida, que prende o trabalhador à fazenda pela impossibilidade de saudá-la com seu empregador.

FONTE: http://www.comciencia.br

As informações destacadas no texto acima, estão contidas na matéria abordada pelo site citado, através do tema:
A escravidão por dívida no Brasil contemporâneo,abordada no livro” Pisando na própria sombra”: trabalho escravo no Brasil contemporâneo, do antropólogo Ricardo Rezende, lançado pela editora Civilização Brasileira.
O livro é fruto da tese de doutorado do pesquisador, defendida na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
O Senador Cáustico

12 de mai de 2007

A penúltima de Monts d'bunda!



Sua Insanidade o Papa ArreBENTO Tudo Ocêis, primeiro Papa caipira e coroné do mundo de Monts d’bunda , muito “ puto dentro das calças” publicou uma controvertida bula recentemente.
Enfatiza Sua Insanidade que a Igreja continua veementemente contra o “ABORTO DA NATUREZA” que atende pelo nome de ESCROTO VIL RERNANDES, famoso barraqueiro, também alfaiate da alta Corte e pra-lamentar do “baixo clero”.
ESCROTO VIL, foi eleito pra-lamentar federal, nas últimas eleições de Monts d’bunda.


Aliás, falando em Monts d’bunda, a cúpula dos tantos outros ESCROTOS VIS está se borrando toda com o conteúdo forte da tal bula que Sua Insanidade, o Papa ArreBENTO Tudo Ocêis publicou, pois parte do seu conteúdo vazou dias atrás na imprensa e diz:


- Vô caba com esse frege doido que ocêis criaro. É mió ocêis pará gorinha!


Daí ter começado a correr a “boca pequena”, dentro e fora de Monts d’bunda, que esse PAPA É BOPE!

E aí já viu...
O PAPA É BOPE...
E O BOPE NÃO POUPA NINGUÉM...

Post de referência: “Gravatas e Cascatas”, publicado em 4 de Maio de 2007.

11 de mai de 2007

NEURÔNIOS LAMENTÁVEIS !


"Eu sou maconheiro/ com muito orgulho /com muito amor"

( slogan cantado por vários dos 250 manifestantes que fizeram uma caminhada na orla de Ipanema no Rio de janeiro em defesa da descriminalização da maconha. Domingo, 06 de Maio de 2007 ).


Manifestantes estes, representantes oficiais da "LARICA IDIOTA", que todo REGIME TRADICIONAL adora combater!


Uma "GALHOFADA BURRA", que acaba reforçando e dando munição para os conservadores intransigentes , radicais de berço.


Informação:

Na Holanda, onde a venda e o consumo de maconha é legalizado, o consumo desta droga é menor do que em outros países da Europa. De acordo com o relatório, 6,1% dos holandeses consomem maconha, contra 9,7% dos espanhóis e 10,6% dos ingleses. O consumo de cocaína e de anfetaminas também é mais baixo na Holanda.

O governo holandês possui um forte programa de apoio e tratamento aos usuários e tais políticas são construídas com a participação social. O uso terapêutico da maconha vem crescendo no mundo.


Por exemplo:

- tratamento de esclerose múltipla.

- como inibidor do vômito em pacientes de quimioterapia antitumoral.

- em casos de glaucoma.

- como analgésico anestésico.

- tônico a despertar apetite em doentes terminais de Aids.


Na Holanda, é proibida, fora de casa, a posse de cannabis para uso próprio.
Nos cafés credenciados admite-se o fornecimento e o consumo, tendo sido fixado para cada estabelecimento uma venda diária não excedente a meio quilo.


Questões :

A maconha pode deixar a pessoa muito preguiçosa e sem motivação para resolver os problemas cotidianos da vida?

Deve-se haver um controle, como por exemplo liberar a venda da maconha somente sob prescrição médica ou limitar a quantidade que a pessoa pode usar por mês?

Ou ainda:

Deve-se punir vendedores não autorizados com a prisão ?
Qual o critério que se utilizaria para permitir que tais e tais indivíduos venham a ter permissão para vender a maconha e outros tantos não tenham acesso ao direito legal de comercializá-la ?


O Senador Cáustico

10 de mai de 2007

FÉ e CINISMO político !


Os patuás nas carteiras parias.
Búzios percorrendo as muitas mesas levemente lambuzadas, de fubá, água e farinha.
Terreiros cheios!
Quem vai ?
Teólogos no atacado!
Templos e pastores da agonia, pela fé e pelo o que ainda não produziu efeito real.
Por aquilo que o povo ainda procura socorrer, na sua tão vilipendiada cidadania.
O contexto de destempero social e emocional em que se encontra grande parte da população urbana brasileira se vê perfeitamente adequado à proliferação da retórica debochada e sofismática dos "cínicos de plantão".
Representantes ou não do poder público.


QUESTÃO:
Um candidato recebe legalmente dinheiro de uma empresa privada para sua campanha eleitoral, sem nenhuma irregularidade. Depois de eleito, ele passa a defender como parlamentar os interesses dessa mesma emprensa.
Isto pode ser entendido como uma espécie de corrupção?

O Senador Cáustico

9 de mai de 2007

ORERETAMA

Vila dos Impunes




Observando a "Vila dos Impunes” em que se transformou a nossa Capital Federal, podemos sentir o calor do fogo da arbitrariedade dos supercidadãos alimentando continuamente a mesma chama que vem há séculos destruindo hediondamente a ecologia humana composta não só de Galdinos*,mas cotidianamente de todos os muitos Severinos que por lá se atrevem a cochilar.
Fidalgia juvenil e carrasca, versão contemporânea dos nossos velhos feitores. Os mesmos dos antigos cenários coloniais não menos cruéis nas formas de violentar
o 1º de todos os direitos humanos.

O direito à vida.


O Senador Cáustico


Oreretama - Palavra Tupinambá que significa “Nossa Pátria".



* Galdino Jesus dos Santos – índio Pataxó Hã – Há – Hãe ( situados na Bahia) assassinado por jovens de classe média alta , de 44 anos, que dormia em uma parada de ônibus na Asa Sul, bairro nobre da capital Federal.
Galdino morreu com queimaduras em 95% do seu corpo, que foi encharcado por 1 litro de álcool.


Absurdo continuado !


Em 2002, desembargadores concederam autorização para que os quatro assassinos do índio Galdino, exercessem funções administrativas em órgãos públicos.

Mas em outubro do mesmo ano, o jornal "Correio Braziliense" flagrou três dos cinco rapazes bebendo cerveja em um bar, namorando e dirigindo o próprio carro até o retorno ao presídio.


Em agosto de 2004, os quatro assassinos do índio Galdino, ganharam o direito ao livramento condicional.

Estão em liberdade !


São eles :


Antônio Novely Cardoso de Vilanova
- Admitiu ter atirado os fósforos em Galdino.

Eron Chaves de Oliveira -Admitiu ter despejado álcool sobre o índio.

Max Rogério Alves - Admitiu ter dirigido o carro na fuga.
Tomás Oliveira de Almeida - Admitiu ter atirado os fósforos.

E ainda:

G.N.A.J. - Ajudou a despejar o álcool.

Na época do crime, G.N.A.J era menor de idade e acabou sendo encaminhado para o centro de reabilitação juvenil do Distrito Federal, onde ficou preso por três meses, mesmo tendo sido condenado a um ano.


Fonte : G1, o portal de notícias da Globo.

7 de mai de 2007

DEUS DO CÉU !


Pobre Cristo !
O tal do “Risco Zero” só foi inventado D.C.

Jesus e os primeiros cristãos, para promover as palavras de Deus, enfrentaram açoites, gladiadores e leões famintos nas arenas da Roma do “Pão e Circo”.

( O aparato de segurança organizado em conjunto pelo Exército e pelas Polícias Federal, Civil e Militar para receber o Papa Bento XVI , em sua visita ao Brasil , responde pelo nome oficial de “Risco Zero” ).

O Senador Cáustico.

A "mística dos Manés"



Ontem o que se viu no Maracanã, foi a “mística dos Manés”.

Já no primeiro tempo da partida entre Flamengo e Botafogo, pela final do carioca 2007, o que irei chamar aqui de mística dos “Manés” começou a ocorrer, com alguns jogadores do time da estrela solitária.


Assim foi :


Leonardo Moura fez uma ótima penetração dentro da área do Botafogo, ficou em boa posição para o arremate, mas como a bola estava mais posicionada para o seu pé esquerdo, ou seja, o seu “pé cego” , ele buscou ajeitá-la para o pé direito e acabou dando chance de recuperação a zaga alvinegra e a bola chutada por ele, resvalou no bom lateral Luciano Almeida e foi para escanteio.
Aí , como se estivesse encarnando , ou melhor, estrelando um personagem do filme “300”, Espartano ou Persa , não importa, Luciano Almeida, bateu no peito, fez cara de mau e outras caras e bocas, exibiu “gestos de valentia” para a sua torcida, como se tivesse achando que havia conseguido evitar ali, o golaço de Leonel Messi pelo Barcelona, o gol mil do baixinho Romário ou até mesmo o gol de mão do Maradona contra a Inglaterra na Copa de 86 no México.

Nesse exato momento me lembrei da "perigosa" frase do técnico Cuca segundos antes da partida iniciar:

"Hoje estamos programados para vencer!"


E a "mística dos Manés" ia se confirmando!


Outro jogador que incorporou bem a tal “mística dos Manés” foi o meia Zé Roberto que acabou para o jogo antes mesmo do jogo acabar para o Botafogo. Zé Roberto, foi retirado do gramado de maca no final do segundo tempo, pois deve ter lhe doído muito jogar o tempo todo de peito estufado , queixo pro alto , dando balãozinho na bola , tentando o impossível , ou seja, ser por exemplo, um Mendonça ou o neguinho Adílio dos saudosos Bota e Mengo da década de 80. Craques estes, que tratavam irremediavelmente a bola com uma maestria que jogadores tanto do atual Glorioso como deste “Flamengo Roni-Claiton” não tem a mínima condições de fazê-lo.


O que me inspirou e motivou a escrever este artigo, foi esse absurdo slogan que vira e mexe , quando um jogador do Botafogo se destaca usando a camisa que foi do grande mané Garrincha, vem com toda força na mídia e o que só se escuta é :
- Olha aí a mística da camisa 7 !
Meu Deus!
Como comparar ( qualquer que seja o nível ou grau de comparação) Túlio , Maurício e Dodô por mais gols bonitos e importantes que estes bons jogadores tenham feito , com o "7" do Garrincha e o que este representou para o futebol mundial e principalmente para o próprio Botafogo e seleção brasileira ?
O sete do nosso saudoso mané , só foi dele e pronto !
A mística andava com pernas tortas. Infelizmente hoje não anda mais, ora!


PS: Não deixem de ler e comentar o meu post de ontem a tarde, dia 06 de Maio, portanto antes da partida entre Flamengo e Botafogo, confirmando que não faço parte do time de “profetas do acontecido” ok ?

O Senador Cáustico

6 de mai de 2007


Bichos Escrotos 1

“Meio ambiente, vamos falar a verdade, até pouco tempo atrás era coisa de veado.”

(Paulo Pereira da Silva da Força Sindical e deputado pelo PDT-SP, no dia do Trabalho, em discurso para quase um milhão de pessoas em São Paulo).

O Senador Cáustico comenta:
“Falar em busca de melhores dias para os seus, vamos falar a verdade, até bem poucos anos, horas e portas fechadas atrás, era coisa de sindicalista pelego, traidor de classe.”

Bichos Escrotos 2

“Esses sindicalistas se acham a única vanguarda de transformação da sociedade. Nós, veados, provamos que estávamos certos, que somos visionários.”

(Cláudio Nascimento do grupo Arco-Íris, em resposta a Paulo Pereira da Silva )

O Senador Cáustico comenta:

" Sou da época em que jogar contra o próprio patrimônio, vamos falar a verdade, era simplesmente assistir a um zagueirão de roça fazendo um bisonho gol contra seu próprio time ”.

Um favoritismo na redoma de tão Glorioso !


De qual Botafogo tu andas “babando a saia”, hein cara-pálida ?


Gostaria muito de saber: qual Botafogo “favorito” entrará em campo hoje, 06 de Maio 2007 para enfrentar o Flamengo “em crise” pela final do campeonato carioca de 2007?

O mesmo Botafogo que tinha o jogo nas mãos já no primeiro tempo do último domingo?
Quando ganhava por 2 gols de diferença e cedeu o empate ao então "inferior" Flamengo , hoje "apático" e "fervendo por dentro", depois de levar segundo alguns , até olé em Montevidéu pela Libertadores no meio da semana ?

O Botafogo que na última Taça Guanabara foi eliminado pelo Boavista por 3X2 em Saquarema, ficando impossibilitado de sequer disputar as semi-finais ?

Aliás , diga-se de passagem , esta derrota do Botafogo deu ao Boavista a sua primeira vitória em jogos da primeira divisão do futebol carioca, sabiam?
Não que esse "Flamengo Roni & Claiton" seja de tirar o sono de algum adversário mais ou menos arrumadinho por aí. Nada disso!
Mas depois de assistirmos recentemente a eliminação precoce do Internacional de Porto Alegre das finais do gauchão , da goleada sofrida pelo tão elogiado São Paulo para o São Caetano e pela própria derrota incontestável do bem treinado Santos de Luxemburgo no primeiro jogo das finais do Paulistão 2007 justo para o mesmo São Caetano de Somália e Cia que eliminou o time de Muricy Ramalho, quem arriscará dizer que há hoje no Brasil um time "sobrando" entre os demais?
Com a palavra mestre e maestro Leovegildo, ou seja, o eterno craque rubro-negro Júnior sobre a decisão do campeonato brasileiro de 1992 contra o Botafogo :


“ Lembro que o time mais fraco ganhou do mais forte. Existia uma superioridade do Botafogo e passamos por cima de tudo para ficarmos com o título. Superamos a falta de grana, superamos tudo!”

( Júnior , que no primeiro jogo daquela final de 92, marcou dois gols na vitória do Flamengo de 3X0 sobre o então favorito Botafogo )


Um Urubu que nasceu do preconceito :

"Os torcedores do Botafogo sacaneavam demais a torcida do Flamengo. Naquela época, Fla e Botafogo faziam o clássico de maior rivalidade depois da "era Garrincha". Os botafoguenses gritavam com ironia e rancor que o Flamengo era time de urubu, ou seja, time de negros..."
( professor de Educação Física, Luis Octávio, morador do Leme)


O prof. Luis Octávio, decidiu pegar um urubu no lixão do Caju e levá-la para o Maracanã no clássico em que o Flamengo venceu o Botafogo por 2X1, em 1969, após 4 anos de jejum. O momento inesquecível do dia foi quando o urubu , solto na arquibancada , acabou indo parar no campo de jogo com uma bandeirinha rubro-negra presa aos seus pés. A torcida rubro-negra então passou a gritar por todo estádio: É urubu! É urubu! E partir desse dia o Popeye da Disney deu lugar ao Urubu como novo mascote do Flamengo.


O Senador Cáustico

5 de mai de 2007

O mundo BUNDA da bola !




Esportes de MONT’S BUNDA !


O técnico de futebol mais famoso,vencedor,sonegador e arrogante de Monts d'bunda, o Wadulterei Lucraosburros , está batendo boca na mídia com seu ex-centroavante de poucos gols o Piuí-Piuí por causa de uma boquinha gostosa que o jogador insiste em não colocar na mão dele.


O Senador Cáustico

4 de mai de 2007

Gravatas e Cascatas!


Um dia qualquer no mundo de Monts d'bunda...

Um rabino, alucinado pelos medicamentos a base de peroba que seus médicos andaram literalmente lhe passando, foi preso por estar fugindo de si mesmo, e ainda foi flagrado afanando uma cascata clássica dos vilões de um famoso desenho animado dos não-judeus William Hanna e Joseph Barbera... No exato momento em que dois truculentos policiais cinematográficos federais, o Warner e o Bros lhe imobilizavam com uma não menos clássica, cara, preciosa e “hollywoodiana” gravata, o desnorteado rabino confidenciava aos “Amigos dos Rabinos de rabo preso”:
- Oh! raios! se não fosse por aqueles garotos enxeridos e aquele cachorro idiota!
Entretanto, a grande mídia tratou logo de passar vaselina no Rabino preso, ao mesmo tempo em que sentava a mamona numa mulher pega com a mão na manteiga numa mercearia e acabou passando cinco meses detida num cadeião do interior de Mont’s bunda.
O tal Rabino teria dito ainda em coletiva de imprensa que caso seja realmente expulso da sua comunidade por ser dependente cínico do tal Daime de peroba, irá formar uma Seita. A Seita se Tudo!
Enquanto não decide o seu futuro, o Rabino espera a compreensão da Sua Insanidade o Papa ArreBENTO Tudo Ocêis, o primeiro Papa caipira de Mont’s bunda.
Aliás, vale lembrar que se no mundo Ocidental já tivemos um Papa Pop , em Monts d'bunda o Papa é Bope mesmo!
Ah, sim!
O Papa é Bope!
E como tão bem imortalizou o poetinha monts bundense Vícius de Imorais,
O Bope não poupa ninguém !
Em um daqueles há-roubos da juventude, Sua Insanidade freqüentava as reuniões dos Jovens Ruralistas Ortodoxos de Monts d'bunda. Mas assim como aquele presidente saxofonista anglo-yankee que teria fumado umas maconhas sem as ter tragado, Chapinha , seu grande amigo de infância , garante que o Papa arreBENTO esfolava sim, mas não capava !
E assim caminha a humanidade de Monts d'bunda.
O Senador Cáustico

2 de mai de 2007

"Heróis Sambaquis" e o perfil ético do eleitor brasileiro.


“ O Brasil não tem povo, tem público “
( Lima Barreto )


Vários nomes comprometidos de alguma forma com a luta por melhores dias para o povo brasileiro , nomes estes , que chamarei aqui de “Heróis Sambaquis”*, como Tiradentes, Antônio Conselheiro, Luis Carlos Prestes e Carlos Lamarca se mostraram , frágeis, inconsistentes, deformados e vilipendiados pela História, na medida em que contaram com pouco ou nenhum apoio popular consistente e consciente em virtude da falta de ética e lucidez política que predominava e predomina na grande maioria dos cidadãos deste país.
"Hoje", pós-império, pós fase inicial republicana e ditaduras civis e militares, temos a oportunidade de tentarmos melhorar o cotidiano social injusto e selvagem que nos cerca, através, por exemplo, do voto( seja este, nulo inclusive), a cada nova eleição que a “capenga democracia” brasileira nos oferece.
Mas o que vejo é um eleitor que se apresenta ,cada vez mais merecedor e identificado com os políticos "anões", "vampiros" , “mensaleiros” e “sanguessugas”,que se perpetuam em seus cargos públicos através da aprovação popular nas urnas .
Que tipo de político honesto , idealista e limpo este eleitor “merece”?
Eleitor este que já se acostumou a :
- “molhar a mão” de funcionários públicos, para agilizar processos diversos , “encaixar” e “furar fila” em consultas médicas nos hospitais , ver aprovada a revisão do seu estimado carro ou ainda livrar a cara de seus filhos em madrugadas constrangedoras , pegos em flagrante, com a já não mais tão inofensiva maconhinha, sustentando assim, direta ou indiretamente o tráfico de drogas?
- Compactuar com aqueles comerciantes que na “cara-dura”...bem ali no balcão, anunciam produtos mais baratos em troca da não emissão de notas fiscais e assim, ir “engordando” seu caixa 2 ?
- Se utilizar da conivência de jovens cretinos mal intencionados,engajados e infiltrados em organizações estudantis, contribuindo para alimentar e manter a “máfia das carteiras da UNE”, falsificadas e “oferecidas” vergonhosamente pelos corredores das próprias instituições de ensino ou através da internet?
- assumir descaradamente votar naquele candidato que mais oferece à comunidade os manjados “jogos de camisa” e “churrascos” regados a muito pagode, axé, rock, tecno, blues, forró , funk , cerveja e afins , embora gratuitos... ou pelo menos não “cobrados” antes do término das eleições?
- jogar lixo nas ruas, praias e encostas na maior cara-de-pau, e ainda estimular seus filhos a fazerem o mesmo ?
- sem o menor pudor, “comprar” e / ou usurpar teses de mestrado ou doutorado da internet por exemplo ?
Concluo, observando o eleitor brasileiro ( em sua grande maioria ) como um cidadão que :
1 –Não tem o mínimo compromisso em seu dia a dia com a ética.
2 – Aceita de bom grado a velha prática do “Rouba mas faz”.
O Senador Cáustico

*Sambaquis : sítios arqueológicos do tipo sambaqui , ou seja, enormes monumentos formados por amontoados de cascas de moluscos e ossos de animais marinhos , “construídos” e utilizados principalmente pelos povos pré-colombianos para enterrar seus mortos. Como grande parte da população brasileira, desconhece sua importância histórica e cultural , o processo de destruição dos sambaquis tem sido evidente e acelerado através dos séculos.